Brazilian International Business Group https://brazilianinternationalbusinessgroup.com Brazilian International Business Group Mon, 15 Apr 2019 14:58:04 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.1.1 Bem vindos ao nosso ” Lounge Brasileiro de Negócios” ! https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/bem-vindos-ao-nosso-lounge-brasileiro-de-negocios/ Mon, 18 Feb 2019 20:03:37 +0000 https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/?p=1226 Lançamento do nosso “Lounge Brasileiro de Negócios”! Iremos aqui nos comunicar uns com os outros, trazendo as ultimas novidades dos produtos e serviços de cada empresa, estaremos de forma pro-ativa, informando a todos os seguidores as ultimas novidades de cada setor aqui representado. Convido voces a partilharem suas experiencias, inspirando e informando outros compatriotas, que […]

The post Bem vindos ao nosso ” Lounge Brasileiro de Negócios” ! appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Lançamento do nosso “Lounge Brasileiro de Negócios”!

Iremos aqui nos comunicar uns com os outros, trazendo as ultimas novidades dos produtos e serviços de cada empresa, estaremos de forma pro-ativa, informando a todos os seguidores as ultimas novidades de cada setor aqui representado.

Convido voces a partilharem suas experiencias, inspirando e informando outros compatriotas, que estejam pensando em abrir seu proprio negocio, o melhor caminho das pedras.

Que este blog seja um lugar ensolarado, cheio de alegria, solidariedade, criatividade e hospitalidade tao tipica da nossa cultura brasileira.

Sejam todos bem vindos a usar este espaço pra postar textos de sua autoria, este espaço pertence a todos nos!
Eu atuarei como autora e moderadora do blog, mas convido todos voces a serem co-autores comigo!

Desejo muito sucesso a cada um de voces, e a intençao dessa nossa comunidade de empreendedores brasileiros!

Abraços e até breve

Ana Cristina Kolb

The post Bem vindos ao nosso ” Lounge Brasileiro de Negócios” ! appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Kotaro Tuji, Uma estoria de Sucesso no Japão! https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/kotaro-tuji-uma-estoria-de-sucesso-no-japao/ Mon, 18 Feb 2019 19:54:48 +0000 https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/?p=1222 Entrevista com Kotaro Tuji Neto Sou paraense e cheguei ao Japão em julho de 1990 com a idade de 23 anos e com um objetivo básico de obter conhecimento das técnicas japonesas e alavancar minha carreira a qual estava investindo na época que era engenharia mecânica, a ideia era passar 6 meses. Acabei por me […]

The post Kotaro Tuji, Uma estoria de Sucesso no Japão! appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>

Picture

Entrevista com Kotaro Tuji Neto

Sou paraense e cheguei ao Japão em julho de 1990 com a idade de 23 anos e com um objetivo básico de obter conhecimento das técnicas japonesas e alavancar minha carreira a qual estava investindo na época que era engenharia mecânica, a ideia era passar 6 meses.

Acabei por me identificar com o Japão e descobrir minhas raízes, e me encontra aqui já por 23 anos.

Estudei muita coisa desde agrimensura, mecânica industrial, inúmeros cursos. No entanto. Identifiquei-me mesmo foi com a administração de empresas e a gestão de pessoas.

Atualmente sou administrador de empresas, coach com certificação internacional, consultor e pós-graduado em gestão de pessoas e autor de vários livros.

Atualmente trabalho de forma extensiva no desenvolvimento do ser humano como instrutor de coaching pela Academia Brasileira de Coaching, nas áreas de autoconhecimento, descobertas de talentos, e as diversas formas do coaching de vida e executivo, além da paixão pelo empreendedorismo.

Visto ter saído do Brasil ainda novo, tive poucas oportunidades de trabalho, apenas os estudos foram minhas atividades.

Que te levou a querer abrir seu próprio negócio? Motivação.
Lembro-me como se fosse hoje. Depois de uns 4 anos trabalhando no Japão, cresceu o desejo de trabalhar de igual para igual com o japonês. Comecei a me dedicar aos estudos da língua e escrita, e em pouco tempo alcancei o meu objetivo, ser chefe de seção.

No entanto, não me sentia realizado, embora tivesse um bom salário e prestígios dentro da empresa, me sentia preso e isso me deixava desanimado.

A maior motivação era o desejo de liberdade de escolher a hora para trabalhar e desenvolver minhas próprias ideias e percebi que isso só seria possível montando meu próprio negócio.

De onde veio a sua ideia de negócio para sua empresa?
Depois de alguns anos no Japão, comecei a perceber a tendência do não retorno imediato como planejado dos brasileiros e latinos. Então surgiu uma pergunta em minha mente, será que os estrangeiros no Japão vão mesmo retornar logo? Sei que o brasileiro tem espírito empreendedor, e decidi juntamente com uma japonesa que era contadora arriscar em um escritório de contabilidade e administração.

Muitos me disseram que era loucura fazer isso, pois os estrangeiros não vieram montar negócios, mas sim trabalhar, juntar dinheiro e retornarem no máximo em dois anos.

Ainda assim, minha visão empreendedora me falava ao contrário.

Em 1996, abri meu primeiro negócio, com o nome da empresa Bel Japan Co. Ltda.

Nesses últimos 17 anos foram mais de 250 empresas abertas e mais de 1500 pessoas passaram por meus treinamentos.

Quais foram os maiores obstáculos?
Foram vários obstáculos entre eles posso citar:
– A comunicação. Além do idioma era preciso compreender a forma de comunicação dos japoneses e sua cultura,
– Conquistar a credibilidade da comunidade brasileira e latina de que, os serviços prestados seriam da mesma qualidade e confiança que a dos japoneses,
– Descobrir bons parceiros japoneses que acreditassem neste novo mercado e a disposição de adaptação aos estrangeiros,
– O meu maior obstáculo acabou sendo eu mesmo. Levei um bom tempo para descobrir meus talentos e definir minha missão.

Como você descreveria sua experiência hoje e o sucesso de seus negócios atualmente?
Experiência pra mim é um conjunto de acertos e erros ao longo do tempo. Os erros devem ser interpretados como formas de aprendizado, mas é preciso reflexão, sempre me pergunto quando algo da errado: O que aconteceu? Onde posso melhorar? O que preciso fazer ou deixar de fazer para que isso não se repita? E acima de tudo, qual foi o aprendizado de tudo isso!

A mesma coisa nos acertos. Qual ponto forte foi utilizado? Quais as pessoas que estavam ao meu lado? De que forma posso repetir isso?

Isso sim pra mim é destino! Tornar as ações inconscientes o mais consciente possível.

Acredito ser uma pessoa de sucesso, só por isso, já sou um sucesso! Aprendi que para ser feliz eu mesmo preciso determinar o que é sucesso. Fica muito difícil você ser um sucesso com o padrão de outras pessoas.

Sucesso pra mim é ver meus filhos sorrindo e alegres! É ter certeza de fazer a pessoa que amo feliz! É ter uma consciência tranquila com o meu semelhante, e contribuir para uma sociedade mais justa e próspera.

Minha missão é a disseminação do conhecimento de como o ser humano pode alcançar o seu máximo potencial na vida pessoal e profissional.

A comunidade e os clientes correspondem de forma positiva, e me dão alegria, compreensão e também dinheiro, esse é o meu sucesso!

Seu maior erro no caminho do sucesso como empreendedor?
Demorar em descobrir meus talentos e em consequência disso fiz péssimas escolhas.

Uma dica para um emigrante brasileiro, que esta pensando em empreender?
1- Não importa em qual setor, você pensa em empreender. Descubra seus principais talentos e desenvolva para que se torne em pontos fortes. Tudo que você fizer dará certo!

2- Ande sempre que possível com pessoas sinceras e competentes.

3- Não tenha medo de desistir e mudar, nem sempre estamos no caminho certo. Alinhe seus talentos e sua consciência, o caminho vai aparecer.

4- A maioria nem sempre tem razão!

5- Ser estrangeiro tem suas vantagens e desvantagens. Foque mais nas vantagens e utilize-as.

Caso a estoria e as mensagens do nosso querido Kotaro Tuji te inspira, comente e partilhe conosco.
Seu blog: http://kotarotsuji.blogspot.ch

The post Kotaro Tuji, Uma estoria de Sucesso no Japão! appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Franquias Brasileiras procuram parcerias para se expandir no Exterior! https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/franquias-brasileiras-procuram-parcerias-para-se-expandir-no-exterior/ Mon, 18 Feb 2019 19:52:58 +0000 https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/?p=1219 Franquias procuram parceiros no exterior Jornal Valor Econômico – Jacílio Saraiva – 30/09 Redes de franquias brasileiras planejam aumentar o número de unidades fora do país, em mercados como o Chile, Colômbia, Costa Rica, Venezuela e Estados Unidos. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), das 2,4 mil franqueadoras nacionais, 112 estão presentes em 53 […]

The post Franquias Brasileiras procuram parcerias para se expandir no Exterior! appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Franquias procuram parceiros no exterior Jornal Valor Econômico – Jacílio Saraiva – 30/09

Redes de franquias brasileiras planejam aumentar o número de unidades fora do país, em mercados como o Chile, Colômbia, Costa Rica, Venezuela e Estados Unidos. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), das 2,4 mil franqueadoras nacionais, 112 estão presentes em 53 países. Para franqueados que já investiram em outras fronteiras, as recomendações, antes de assinar um contrato, são avaliar o potencial de demanda, estudar as diferenças culturais do país-alvo e contar com gestores locais, que conheçam os hábitos dos clientes estrangeiros. Dependendo do porte e da área de atuação do negócio, o investimento em uma franquia no exterior pode ultrapassar R$ 380 mil.

A Hope Lingerie quer parceiros para atuar em países como Chile, Peru, Colômbia, México e Estados Unidos, além da Europa. A rede está no exterior desde 2007, com sete unidades na Argentina, Israel e Portugal. No Brasil, tem 110 lojas, com projeção de fechar 2013 com 128 unidades. “Vamos avançar no mercado internacional à medida que um investidor, com domínio na região pesquisada, possa prospectar vários pontos”, diz Sylvio Korytowski, diretor de expansão da marca.

O valor do investimento de uma franquia da Hope no exterior inclui taxa de US$ 45 mil, mais capital de giro de US$ 100 mil. O prazo de retorno estimado é de três anos, com uma equipe de cinco funcionários por unidade. Segundo Korytowski, o faturamento médio por loja, ao ano, é de R$ 110 mil. De acordo com cada operação, a rentabilidade por ponto comercial gira em torno de 15% sobre o faturamento bruto, descontando despesas fixas e variáveis.

“Como qualquer marca que precisa se estabelecer em outro país, investimos em ações de marketing local e junto a consumidores”, diz. “As datas de maiores vendas fora do Brasil são as mesmas daqui, como o Dia dos Namorados, das Mães, Natal e Réveillon. Além disso, criamos calendários regionais para cada mercado, como um festival de inverno, para a vencia de pijamas.”

A Wizard, de ensino de idiomas, optou por começar a internacionalização pelos Estados Unidos, há mais de dez anos, por causa da grande comunidade de brasileiros que vive no país. O fundador da rede, Carlos Wizard Martins, também morou e idealizou lã o método de ensino das escolas. “Além do mercado americano, as onze unidades no exterior estão na Colômbia, Costa Rica, México, Guatemala, Paraguai, Japão e China”, diz Martins.

No Brasil, a rede com sede em Campinas (SP) tem 1,2 mil unidades em todos os Estados. Até o final do ano, o plano é abrir mais duas escolas nos Estados Unidos, em Orlando e West Palm Beach, na Flórida. Depois, o próximo destino de investimentos da empresa será a Colômbia, com a expectativa de inaugurar 70 pontos, nos próximos cinco anos. “Decidimos investir no país devido ao boom econômico local, com abundância de capital para investimento”, diz.

Estão em planejamento também novas unidades na Costa Rica e mais quatro nos Estados Unidos, nos próximos anos. “Na Costa Rica, 50% dos alunos da escola que já temos lã estudam português. São funcionários de call centers que atendem empresas brasileiras.” O investimento em uma franquia da Wizard no exterior é de R$ 385 mil, com prazo de retorno de 12 a 18 meses. O faturamento médio por unidade, ao ano, está estimado em R$ 110 mil, segundo Martins.

Outras redes, como Mr.Limp, Yogoberry e Depyl Action, começam a espalhar franqueados fora do Brasil. A Mr.Limp, especializada em serviços de limpeza e conservação, começou a internacionalização este ano, com lojas em Santiago e Vina Del Mar, no Chile. A meta, nos próximos meses, é levar lojas para mais um país da América do Sul, além da África e Estados Unidos, segundo o sócio da franqueadora, Henrique Soares Adão. A companhia prevê estar presente em 30 países, em todos os continentes. Sediada em São José do Rio Preto (SP), conta com 170 franqueadas no Brasil, em 21 Estados, além do Distrito Federal.

Com 73 pontos em 12 Estados, a carioca Yogoberry, de venda de frozen yogurt, está no exterior há dois anos, graças a um parceiro no Irã. O franqueado iraniano procurou a empresa no Brasil, abriu duas lojas no país muçulmano e já planeja uma terceira. “As nossas metas de expansão também envolvem a América Latina”, adianta o diretor comercial da rede, Marcelo Bae.

O investimento total para abertura de uma loja Yogoberry é de cerca de R$ 400 mil, incluindo máquinas, instalações e taxa de franquia, sem ponto comercial. O prazo de retorno oscila entre 24 e 36 meses e o número de funcionários recomendado por unidade é de oito pessoas. A maior parte das lojas funciona em shopping centers. “O faturamento mínimo esperado é de R$ 600 mil, ao ano.”

Na Depyl Action, da área de estética e beleza, o faturamento anual médio por unidade é estimado em R$ 1,5 milhão, segundo a diretora executiva Danyelle Van Strate. No exterior desde 2006, a marca mineira tem 83 unidades no Brasil e duas na Venezuela. “A primeira franqueada no exterior era nossa cliente e mudou-se para lá”, diz.

O objetivo em 2014 é garantir mais três unidades, também no país de Nicolãs Maduro. O investimento inicial é de cerca de R$ 315 mil. A expectativa de crescimento da rede para 2014 é de 20% sobre o faturamento de 2013, previsto em R$ 70 milhões.

Franqueado da Wizard na Costa Rica há mais de um ano, o chileno e filho de brasileiro Renato Souza Neto investiu cerca de US$ 500 mil para abrir o negócio. “O valor incluiu a renovação de uma casa no centro da capital, San José”, diz. Antes de investir no exterior, Neto analisou a concorrência e montou um plano de negócios.

“Ao abrir uma franquia em outro país, avalie o potencial de demanda, as diferenças culturais e modelo de negócio nativo, que pode ser diferente do local de origem da franquia.” Para a iniciativa prosperar, é preciso ter ainda um excelente time de gestão, que conheça bem o mercado local, diz o empresário, cuja esposa, nascida na Costa Rica, assumiu a direção da escola.

Com dez funcionários em tempo integral e vinte colaboradores por hora, o empresário espera faturar cerca de US$ 500 mil, ainda em 2013. “Planejo comprar outra franquia na Costa Rica, Panamá ou na Nicarágua, em até 18 meses.”

The post Franquias Brasileiras procuram parcerias para se expandir no Exterior! appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Prontas pra se expressarem podeROSAS? https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/prontas-pra-se-expressarem-poderosas/ Mon, 18 Feb 2019 19:50:52 +0000 https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/?p=1215 Minhas queridas e queridos empreendedores, Intraempreendedores, empreendedores sociais, simpatizantes e amigos, do “Brazilian International Business Group”, é com grande prazer que anuncio nossa co-operação com o Ëmpreendedorismo Rosa no Brasil,  Vou deixar a Lênia Luz, que em breve estará escrevendo mensalmente aqui no nosso blog, apresentar pra gente esta comunidade maravilhosa no Brasil,  que em um período de 2 […]

The post Prontas pra se expressarem podeROSAS? appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>

Picture

Minhas queridas e queridos empreendedores, Intraempreendedores, empreendedores sociais, simpatizantes e amigos, do “Brazilian International Business Group”, é com grande prazer que anuncio nossa co-operação com o Ëmpreendedorismo Rosa no Brasil, 

Vou deixar a Lênia Luz, que em breve estará escrevendo mensalmente aqui no nosso blog, apresentar pra gente esta comunidade maravilhosa no Brasil,  que em um período de 2 anos, ganhou destaque a nível nacional e internacional, unindo, inspirando, educando, informando, se apoiando mutualmente, se dando forca, da forma mais ROSA que existe, com sensibilidade, compaixão, forca, foco, fé, persistência, alegria e muito trabalho. Parabéns a estas mulheres empreendedoras e maravilhosas.

Nos alegramos desde de já da participação da Lenia Luz, equipe e comunidade do Empreendedorismo Rosa, aqui com a gente no nosso ponto de encontro do “Brazilian International Business Group”.

Beijus no coração!!!!!!

Namasté 🙂

Ana Kolb

The post Prontas pra se expressarem podeROSAS? appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Uma estória de sucesso na Alemanha https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/uma-estoria-de-sucesso-na-alemanha/ Mon, 18 Feb 2019 19:48:42 +0000 https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/?p=1212 Conheça “Iramaia Kotschedoff”, Alemanha e sua historia de sucesso como empreendedora!  Get to know the sucess story as entrepreneur “Iramaia Kotschedoff”, Germany Nasci na cidade de Firmino Alves, estado da Bahia, mas passei parte da minha infância e adolescência em Vitoria da Conquista. Sou formada  em letras, mas nunca exerci a profissão de professora. Trabalhei no  departamento […]

The post Uma estória de sucesso na Alemanha appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Picture

Nasci na cidade de Firmino Alves, estado da Bahia, mas passei parte da minha infância e adolescência em Vitoria da Conquista. Sou formada 
em letras, mas nunca exerci a profissão de professora. Trabalhei no 
departamento de reservas da VASP, que foi o meu primeiro emprego ,
o qual me deu uma base para a minha vida profissional no futuro . 

Trabalhei em diversas agencias de turismo e por ultimo como Freelancerpara a Lufthansa de São Paulo, onde tive o meu primeiro contato com as feiras alemãs e trouxe o primeiro grupo de empresários da área de panificação do Brasil para a feira IBA 1980 em Düsseldorf.

Trabalhei na Alemanha, antes de me tornar empreendedora, como recepcionista para a Messe Düsseldorf.Trabalhos esporadicos.

O que me motivou a empreender foi o fato que eu sabia, que jamais poderia ocupar o lugar em uma empresa, onde o alemão pudesse fazer o mesmo trabalho que eu. E no mercado havia a necessidade de assistência a visitantes e expositores brasilerios participantes nas feiras em Düsseldorf.Eu queria manter um contato intenso com o Brasil e ser útil aos dois países. Queria me manter atualizada no mundo dos negócios.

A minha ideia de negócios veio da minha experiencia, eu vendia muito pacote para as feiras na Alemanha., la no Brasil.E sentia a necessidade de ter um apoio local, que falasse o idioma e que entendesse a mentalidade dos brasileiros.

Os meus maiores obstáculos? O idioma, o desconhecimento das leis trabalhistas e o fechamento de contrato com empresas terceirizadas.

Segundo minha experiencia, o sucesso da minha empresa vem da minha paixão pelo trabalho, prazer em servir, facilitando a vida dos clientes , atenuando a barreira cultural  e muita persistência.

Meu maior erro foi deixar as vezes o coração ou o impulso vencerem a razão.

Minha dica pra outros empreendedores brasileiros no exterior: 
Primeiro, domine o idioma local, procure um bom advogado para lhe orientar com todos os tramites jurídicos locais, e faça um “business plan” bem realista, para não gastar mais do que o que ganha. Escolha o que realmente gosta de fazer, como se fosse um Hobby remunerado.

Para conhecer melhor a empresa da Iramaia, visite o site:
http://www.iramaia.com

The post Uma estória de sucesso na Alemanha appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Sucesso de Londres pro Mundo!!!! https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/sucesso-de-londres-pro-mundo/ Mon, 18 Feb 2019 19:44:48 +0000 https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/?p=1209 Ann Moeller criou em 2012 o Blog “Brasileiras pelo Mundo” e desde então começou a nos levar a uma viagem ao redor do mundo, através de outras brasileiras maravilhosas vivendo no exterior! Gente, eu Ana Kolb, tive o prazer de conhecer o blog amarelinha.co.uk, que é um blog que a Ann Moeller criou, com o objetivo de […]

The post Sucesso de Londres pro Mundo!!!! appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Ann Moeller criou em 2012 o Blog “Brasileiras pelo Mundo” e desde então começou a nos levar a uma viagem ao redor do mundo, através de outras brasileiras maravilhosas vivendo no exterior!

Picture

Gente, eu Ana Kolb, tive o prazer de conhecer o blog amarelinha.co.uk, que é um blog que a Ann Moeller criou, com o objetivo de criar uma comunidade de “Mamães de Brasileirinhos no UK” e depois pelo mundo afora, AMEI o trabalho dela e desde então começamos a nos conhece e falar no Facebook, com o tempo fomos cada vez mais achando afinidades e embora eu não seja mãe, eu seguia o blog amarelinha.co.uk com entusiasmo, pois amo todo tipo de trabalho, profissional, bem feito, e inspirador, que traz um valor agregado e toca as pessoas em seu lado humano. Além de eu ter muito que aprender como filha, madrinha, tia, pseudo mãe e agora avó.

A Ann então me fez um convite MARAVILHOSO, me convidou pra escrever  em seu novo BLOG, “Brasileiras pelo Mundo“. eu não tinha ideia de como participar desta comunidade ia mudar a minha vida, através do blog conheci outras mulheres brasileiras incríveis ao redor do globo, cada uma vivendo a sua vida de emigrante e superando a cada dia os desafios que acompanham este estilo de vida, tao cobiçado e enriquecedor, mas ao mesmo tempo, desafiador, longe da família, tendo que recomeçar no nada, aprendendo uma nova língua, novos valores, novos costumes, novas comidas, nova relação com diferentes temperaturas, diferentes sistemas políticos, sociais e legais, novas famílias, enfim, achar seu lugar ao sol em seu novo pais residente, senti que não estava sozinha e que tinha gente sim, que vivia a mesma coisa que eu.

Através do BPM, eu ganhei uma família virtual, o blog se tornou um vicio prazeroso e benéfico na minha vida. Escrever e saber que posso inspirar, informar, instruir, partilhar e tocar a vida de outras pessoas que sonham em tomar o passo a conhecer outra cultura, é um presente de DEUS/Universo na minha vida. a experiência foi tao boa, que acabou me inspirando em novas áreas da minha vida profissional, como palestrante, como blogueira, como mentora e inclusive a organizar este espaço aqui do “Brazilian International Business Group”.

É sempre maravilhoso receber mensagens de leitores que nos contam como eles “viajam através dos nossos posts”, eu recebi uma mensagem desta, de uma leitora linda de 64 anos, contando como ela viaja com a gente! Que musica linda pros meus ouvidos! Meu coração se enche de alegria e tenho certeza que o coração das minhas colegas do BPM também.

NAMASTÉ a todas as minhas colegas de BPM, e em especial o meu “SUPER OBRIGADO” a Ann Moeller, por ter confiado e acreditado em mim, e me convidado a participar deste projeto tao lindo! E que a nossa estrela continue a brilhar cada vez mais alcançando e inspirando mais sonhos e realizações ao redor do mundo!

Deu vontade de nos conhecer mais? Venha nos visitar no nosso blog Brasileiras pelo Mundo, você é super bem vinda/o.

The post Sucesso de Londres pro Mundo!!!! appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Diário de um Empresaria Brasileira no Exterior #01 – “Conquistas e Novos Objetivos para 2015”. https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/diario-de-um-empresaria-brasileira-no-exterior-01-conquistas-e-novos-objetivos-para-2015/ Mon, 18 Feb 2019 19:42:06 +0000 https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/?p=1205 Ola meus queridos e queridas seguidores do BIBG, Inicio aqui, nossa nova coluna do blog BIBG, “Diário de uma Empresaria Brasileira no Exterior”, onde comento tópicos que me movimentam, que ocupam minha mente, assim como partilho minhas experiencias.   Feito com muito carinho e sempre com o objetivo de motivar, inspirar, informar vocês sobre oportunidades, atividades, network e projetos, que […]

The post Diário de um Empresaria Brasileira no Exterior #01 – “Conquistas e Novos Objetivos para 2015”. appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Ola meus queridos e queridas seguidores do BIBG,

Inicio aqui, nossa nova coluna do blog BIBG, Diário de uma Empresaria Brasileira no Exterior”, onde comento tópicos que me movimentam, que ocupam minha mente, assim como partilho minhas experiencias.  

Feito com muito carinho e sempre com o objetivo de motivar, inspirar, informar vocês sobre oportunidades, atividades, network e projetos, que estão na ativa na minha agenda, no momento.

Começo este primeiro texto de 2015, com uma retrospectiva de conquistas durante 2014. 

2014 começou devagar, fim de ano sempre é bem puxado pra mim, com muitas viagens e eventos, e 2013 tinha terminado bem pancadão, com quase 4 meses de via sacra pelo Brasil, terminando com uma bela hernia de disco. 

Tempo pra se refazer era necessário. Eu não planejei muito o ano, e nem esperava tantos acontecimentos na agenda, mas não é que foi muito bom.

Primeiro evento importante foi em Março, viagem pra Londres pra encontrar com a Morgana Festugato, uma fotografa brasileira, que atualmente mora no México e clica ao redor do mundo, e sua filha, a Julia.

Durante esta viagem nos encontramos com a Iana Mamede do Ceara, que mora em Londres e com a Rosane Bronzo do Rio de janeiro, que mora em Portugal. 
Foi um encontro muito gostoso de amigas, muitas trocas e inspiração, inclusive em torno de nossas áreas de atuação profissional, projetos e apoio mutuo.

Logo depois veio a primavera, umas palestras aqui e acola, lecionei alguns cursos, trabalho de escritório, planejamento. Teve a copa do mundo, seguido de Montreux Jazz Festival, que acontece onde moro, e velejar, meu vicio, como de praxe no verão! 
Picture

Picture

 O verão acabou, Setembro chegou e ai não parei mais!
Em setembro de 26 a 28, tivemos o Jam session em Montreux, organizado pela Jô Queiroz. 
Este ano tivemos um show do Gilberto Gil, Alcione e João Donato, finalizando com o desfile das baianas na beira do lago, foi um luxo só. 
Eu tive um stand pra promover minha loja eclectic design, na entrada do hall no Centro de Convenções, onde aconteceu os shows pagos.
Picture

Picture

Tivemos no dia 04 de Outubro um evento maravilhoso AWE Summit Switzerland, organizado por uma brasileira super supimpa, A Tulia Lopes, que mora em Zurique, uma amiga maravilhosa, uma profissional que respeito e admiro muito. 
Picture

10 de Outubro parti pra Paris, me encontrei com o pessoal da Natura, da Sobral e com esta brasileirinha que anda causando em terras francesas, a Alessandra Montagne do restaurante Tempero, e depois fui me inspirar nas pequenas lojinhas de Paris, que amo, me nutrir de ideas e ambientes pra eclectic design, minha loja em Lausanne. Adoro lojas pequenas e charmosas!
Picture

Picture

Do dia 14 a 16 de Outubro estivemos no Women Forum em Deauville, representando a equipe do Empreendedorismo Rosa, e homenageando nossa querida Bel Pesce, “A Menina do Vale do Silicio”, que fundou a empresa Faz Inova. Bel ganhou o “Premio Cartier”. Durante a ocasião, conheci também outra finalista do Premio Cartier,a Erica Fourreaux que faz um projeto maravilhoso,de inclusão de crianças deficientes, o Noisinho da Silva.
Picture

Picture

Parti de Deauville literalmente aterrissando em Genebra e direto do aeroporto  pra palestrar no “Centre Culturel Brésillen de Geneve” sobre empreendedorismo.  O evento foi organizado pela Angela Mota do Conselho de Cidadania do Brasil, e pela querida Veronice de Abreu, fundadora do Centro Cultural.

Na segunda, dia 20 de Outubro, estivemos com o Gilberto Gil e Flora, sua esposa, visitando Zurique, e sendo recebido pelo Rolf Hiltl, atual CEO e bisneto do fundador do HILTL. O HIltl é um restaurante vegetariano que esta no livro de “Record Guiness”, pra fechar com chave de ouro, naturalmente, show do Gil no Volkshaus.
Picture

De Zurique direto pra Genebra, pra um outro evento maravilhoso, SIGEF – Social Innovation and Global Ethics Forum, e adivinha quem encontrei, o Murilo Gun palestrando, foi muito bom, trocamos umas ideias e quem sabe em breve não o teremos por aqui, palestrado pra gente? As possibilidades são grandes! 
Picture

Picture

Logo em seguida  curso de atualização de “Epigenetica“, método terapêutico que utilizo como ferramenta complementar, como Coaching & Mentora.

Ferias de família na Alemanha, niver do netinho de 1 ano., vovó é apaixonada demais. Nada paga estes momentos de família. 

Retorno a Suíça, e vernissage da Christina Oiticica, esposa do Paulo Coelho, na galeria “Espace L”, em Genebra, acompanhada com meu querido amigo, o artista Plastico, Ed Ribeiro e minha amiga Lucianita Farah.


Picture

14 de Novembro, palestra sobre “empreendedorismo” em Zurique, no evento do Saber Direito,  organizado pela Fernanda Pontes da Bravest.

Picture

1 semana de escritório e Dezembro já chegou e eu? 

Eu já cheguei em Tóquio, onde então me reencontrei com meu amado amigo de décadas, irmão de alma mesmo, Adauto Diniz, professor no Bertilz e o Jorge Fecuri, me encontrei com a minha querida colega colunista do Brasileiras pelo mundo no japão, a Emília Hanashiro, que faz um trabalho lindo, de cooperativa de artesanato brasileiro no Japão.

Apos Tóquio, parti rumo a Kyoto e finalmente Nagoya, onde então palestrei no Congresso Internacional de Coaching, organizado pelo meu querido amigo “Kotaro Tuji”, e seu sócio “João Alexandre Borges” do Instituto Brasileiro de Coaching

Foi um prazer conhecer nossa comunidade brasileira no Japão. Agradeço a todos vocês, com todo meu coração, pelo carinho e acolhida que recebi. E pode ter certeza que nos veremos e muito mais, eu volto em breve!

Picture

Picture
Ufff Ficaram cansados? eu fiquei e fiquei tanto que tive que tirar ferias!

e  começou 2015….

Picture

Terraço do meu escritório em janeiro 2015
Janeiro 2015 começou tarde! Retornei ao escritório na segunda semana, gripe na terceira semana, planejamento de agenda do ano, primeiro encontro toastmastersaikido, vídeo conferencia semanal com a comunidade internacional de mentores, muito trabalho na eclectic Design, minha loja online, que esta pra ser lançada e atrasadíssima ja no lançamento, planejamento da agenda do BIBG 2015, textos para Brasileiras pelo mundo e Empreendedorismo Rosa, desenvolvimento de cursos online, workshop com a Brazil web TV, e projetos, projetos e mais projetos.

Pensei que ia começar o ano devagarzinho….. rs e olha que comecei devagar mesmo!

Fevereiro é um mês que estarei me organizando com nossos novos “BIBG Embaixadores“, que anunciarei em breve!

Março, Abril, Maio, Setembro, Outubro e Novembro 2015, teremos worshops de empreendedorismo em Genebra, Zurique, Berna e Liechtenstein. 


Fiquem ligados nas chamadas e info no fanpage do BIBG ou visitem nossa pagina de eventos aqui no website.

Sentiram-se inspirados? Fiquem ligados, pois vem muito material legal por ai! 

Em 2015 teremos 3 sessões novas de conteúdo aqui, no BIBG.

Além da nossa coluna de “estorias de sucesso” de empresários brasileiros no exterior, teremos também:  

  • VLOG com series, com dicas de “soft & hard skills” pra empreendedores, no nosso canal do YouTube –
  • Diário de uma Empresaria Brasileira no Exterior”, que começa com este texto, sendo o primeiro da serie!
  • Divagações Empresariais

Quero agradecer a todas estas pessoas maravilhosas, que encontrei e que fizeram a diferença! Muito inspirador e muito aprendizado.

Eh isto ai por hoje, e até a próxima, se gostaram, comentem e partilhem, fazemos pra vocês!

Namasté! 🙂


Ana Cristina Kolb

 

The post Diário de um Empresaria Brasileira no Exterior #01 – “Conquistas e Novos Objetivos para 2015”. appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Adauto Diniz – Uma Historia de Sucesso no Japao https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/adauto-diniz-uma-historia-de-sucesso-no-japao/ Mon, 18 Feb 2019 19:23:01 +0000 https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/?p=1200 Nasci em Passo Fundo, RS em 4 de Agosto de 1968. Com 9 anos, atendendo aos meus pedidos, meu pai me matriculou em um curso de inglês (Fisk). Não sei porque insisti tanto, mas gostava da ideia de falar aquilo que escutava em música. Por conta da transferência da família para o interior de Minas […]

The post Adauto Diniz – Uma Historia de Sucesso no Japao appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Nasci em Passo Fundo, RS em 4 de Agosto de 1968.

Com 9 anos, atendendo aos meus pedidos, meu pai me matriculou em um curso de inglês (Fisk). Não sei porque insisti tanto, mas gostava da ideia de falar aquilo que escutava em música.

Por conta da transferência da família para o interior de Minas (Pará de Minas), no começo dos anos 80, tive de interromper os estudos de inglês, o que foi remediado com a chegada de uma intercambista do Rotary Club na nossa casa. Ela se recusou a aprender o português durante o ano que passou ali, e eu aproveitei para ser seu intérprete durante aquele período.

Quando chegou minha vez de fazer intercâmbio, já cheguei nos Estados Unidos relativamente fluente na lingual local pra um adolescente de 16 anos. Fui matriculado na High School, em várias matérias sérias como US History, Government e outras que me obrigaram a estudar muito, mas que foram fundamentais pro meu aprendizado da língua. A oportunidade de conviver com jovens da minha idade, discutir idéias e até fazer teatro, me deram confiança para dizer que já dominava o inglês aos 17 anos.

Ao longo do ano de intercambio me aproximei de 2 alemães, que me incentivaram a aprender sua lingua materna. Assim, me matriculei no curso de alemão oferecido pela própria escola e na minha volta ao Brasil, dei andamento ao que já havia começado.

Minhas primeiras amizades então foram os ex intercambistas (ROTEX) e os intercambistas do Rotary em Belo Horizonte, que certamente me ajudaram a manter meu inglês.

Com 3 anos de curso de alemão, embarquei para a Alemanha para morar durante 6 meses na casa da família de um dos amigos que havia conhecido nos Estados Unidos. Sua família tinha experiência e gostava de receber intercambistas, assim foi extremamente acolhedora. Eu passava o dia ou na escola ou na universidade, que me aceitaram como ouvinte, onde pude expandir meu grupo de amigos e melhorar meu nível de conversação em alemão. A noite, em família, sempre me davam oportunidade de aprender fatos sobre a cultura e os hábitos do país.

Desde que havia chegado de volta ao Brasil, estava fazendo faculdade de Comércio Exterior em Belo Horizonte, quando ouvi falar da AIESEC (Association internationale des étudiants en sciences économiques et commerciales), que me ofereceu a oportunidade de conhecer vários intercambistas universitários, especialmente da Alemanha. Através da ajuda de um deles, logo após minha formatura, voltei a Alemanha para fazer um estágio na área de exportação em uma empresa pequena perto de Colônia. Após 6 meses, um outro amigo, me conseguiu um novo estágio em Duisburg na área de importação, e assim fui morar com os queridos amigos Ana e Max, que me acolheram durante minha estada ali. O frio do inverno, a realização de não estar fazendo algo de que gostava muito e a vontade de voltar a dar aulas me levaram de volta ao Brasil em 1994.

Picture
Adauto Diniz – Professor de Inglês no Berlitz em Tokyo, Japão

Em Março de 1994 comecei a dar aulas de inglês e de alemão em tempo integral pela Escola Berlitz em Belo Horizonte, de onde só saí em 2006, ao ser aceito para o mesmo emprego, na “Berlitz Japan” em Tóquio. Desde a chegada ao Japão, me senti em casa, apesar do completo desconhecimento do japonês e da cultura. Tentei e tento remediar a situação desde então, mas pelo fato das diferenças culturais e linguísticas muito grandes, a experiência é por vezes, frustrante, embora ao mesmo tempo, instigante.

Numa busca de aprimoramento profissional terminei um mestrado em TESOL (Teaching English to Speakers of Other Languages) em 2014, e desde então estou me voltando a aulas em universidades japonesas. Assim tento expandir meu estilo de aulas para jovens universitários, antes que iniciem sua carreira profissional, e tento alertá-los sobre aquilo, que meus outros alunos, que já trabalham, tanto se queixam: das consequências de não abraçar a oportunidade de aprendizado de inglês com mais seriedade durante o período em que estão na faculdade. O Japão está passando por um período em que precisa cada vez mais se comunicar com outros países, e há por isso muito interesse em aprender especialmente, o inglês.

Ainda não sei se uma pessoa se torna boa naquilo que faz, por ter talento, ou se o esforço é o que mais vale. Como disse um dos meus professores: “o aprendizado de uma língua requer milhares de horas, mas não é diferente, do que passa qualquer outro aprendiz em qualquer outra área.” Minha curiosidade e vontade de me comunicar com pessoas de várias nacionalidades me trouxeram até aqui, mas foi preciso sempre muita humildade, na hora de ser corrigido, ao longo do processo, e é isso que tento passar aos meus alunos que procuram resultado no curto prazo: there are no short cuts in life.

The post Adauto Diniz – Uma Historia de Sucesso no Japao appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
TEXTO E CONTEXTO NAS MÍDIAS DIGITAIS https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/texto-e-contexto-nas-midias-digitais/ Mon, 18 Feb 2019 18:26:12 +0000 https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/?p=1195 ​Aquilo que se fala de um negócio ou serviço (o enunciado) não pode ter menos qualidade do que se quer vender (o anunciado) porque há relações e implicações simétricas entre um e outro. Não basta o produto ser bom – ele também precisa parecer bom. Redatora publicitária e assessora de comunicação, Eveline de Abreu escreve desde muito antes de viver de […]

The post TEXTO E CONTEXTO NAS MÍDIAS DIGITAIS appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>

Picture

​Aquilo que se fala de um negócio ou serviço (o enunciado) não pode ter menos qualidade do que se quer vender (o anunciado) porque há relações e implicações simétricas entre um e outro. Não basta o produto ser bom – ele também precisa parecer bom. Redatora publicitária e assessora de comunicação, Eveline de Abreu escreve desde muito antes de viver de escrever. Além do curso para capacitação em técnicas de produção textual, ela é atenta espectadora dos movimentos dos novos tempos. Em entrevista a Ana Cristina Kolb, Eveline fala de suas observações sobre a importância da comunicação no mundo sobretudo virtual.

Ana Cristina Kolb – Comecemos pelo presente. Você mora na Provence, França, por que razão?
Eveline de Abreu – Tirei uma licença e vim por amor. Entre idas e vindas, a partir de 2007. Fui ficando, ficando… em um dos pedaços mais lindos do planeta. E estou aqui desde final de 2011.

AK – Mas você não vive só de amores.
EA – Nem de brisa (risos). Eu passei a fazer o que sei e gosto. Com as vantagens das tecnologias digitais e sem os inconvenientes dos engarrafamentos no trânsito, eu crio e/ou adequo textos destinados tanto a empreendedores como a empresários que necessitam valorizar uma ideia institucional, que precisam de uma linguagem, uma abordagem à  altura da qualidade do produto ou serviço que oferecem. Tanto para o mundo virtual (sites, blogs, fanpages etc.) como para qualquer outro meio que demande o casamento feliz de texto, imagem e contexto. 

AK – Como você concebeu a ideia?
EA – Observando o número de empresas que atuam em outros países e a quantidade de empreendedores brasileiros no exterior. Então, na carona de seminários, cursos e palestras ministrados a convite de algumas instituições (Instituto de Hospitalidade, Senac e Instituto Pão de Açúcar), engatei uma primeira no projeto duplo e convergente de não apenas redigir, mas também treinar e capacitar in loco ou à distância (palestras, encontros, seminários, workshops) aqueles que pertençem ao mundo dos negócios.

AK – Em que dimensão você vê o mundo virtual e os negócios?
EA – O velocíssimo desenvolvimento digital, a partir da última virada do século permitiu a cada um (pessoas físicas ou jurídicas) se servir de ferramentas como as redes sociais. Se por um lado há o benefício da democratização dos meios, por outro criou-se uma dissociação entre o produto e aquilo que se comunica sobre produtos e serviços.

AK – É quando o produto vai para um lado e a postagem, a fanpage, o site, o blog vão para o outro?
EA – Exato. Aí entra a Comunicação com técnicas que envolvem coesão, coerência, concisão e consistência. Enfim, o universo dos negócios e o texto estão intimamente e para sempre ligados. Muitas vezes há tanta coisa boa, mas não se sabe bem o que dizer, nem por onde começar.

AK – Então você pensa que o texto faz o produto?
EA – Inegável que o texto apresenta o produto, o negócio, o serviço. No entanto, não há texto, por melhor que seja, que transforme um produto de poucas qualidades em algo bom, de jeito nenhum. Do meu lado existe uma incompatibilidade ética de fazer gato passar por lebre (risos). Não sendo isso, eu, que testemunhei toda essa revolução nos modos de trabalho e produção, estou aqui pra dar um jeito pelo menos na comunicação (risos)! 

AK –  O que você acha que mais agrada ao consumidor potencial?
EA – Se é para falar a verdade… Falar a verdade (risos). E doses generosas de humor sempre vão bem.

AK – Obrigada, Eveline, por esse bate-papo. E para falar com você…
EA – É só me dar um oi pelo email sobrescrita.redacao@gmail.com, WhatsApp [+33] 695-308-016, ou pela fanpage http://www.facebook.com/SobreEscritaRedacao/. Sorte da boa para todos nós, Ana, e sou eu quem agradece!

Picture

Picture

Picture

The post TEXTO E CONTEXTO NAS MÍDIAS DIGITAIS appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
GO GLOBAL BRAZIL https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/go-global-brazil/ Mon, 18 Feb 2019 18:04:57 +0000 https://brazilianinternationalbusinessgroup.com/?p=1189 Em Novembro de 2016, uma amigo querido, de muitos anos, me contactou e apresentou um projeto novo, em que esta trabalhando, que se chama FIEMGLAB. Através do processo de me apresentar o projeto, ele também me apresentou todo o universo de start ups que esta se estabelecendo na região de Belo Horizonte. Como sempre no meu […]

The post GO GLOBAL BRAZIL appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>
Picture

Em Novembro de 2016, uma amigo querido, de muitos anos, me contactou e apresentou um projeto novo, em que esta trabalhando, que se chama FIEMGLAB. Através do processo de me apresentar o projeto, ele também me apresentou todo o universo de start ups que esta se estabelecendo na região de Belo Horizonte.

Como sempre no meu universo, tudo é conectado, e eu vejo conexões ainda invisíveis pra maior parte dos olhos, eu resolvi, durante a minha já planejada viagem a BH em Fevereiro de 2017, organizar um evento, sobre as oportunidades e desafios de vender seus produtos e serviços, como empresa brasileira, em mercados internacionais.

Quando comecei o processo de desenhar o conteúdo do evento, inicialmente pensando em fazer somente uma palestra de 2 horas, eu mesma. Mas ai neste meio tempo faço um curso de “Multiply your impact” e ai, BOOM, entrei em contato com algumas pessoas que na minha opinião poderiam agregar valor ao evento, e todas as respostas foram super positivas.

O tempo era curto e inadequado, afinal entre Natal e carnaval no Brasil, não se acontece muitas coisas no mundo dos negócios. Entretanto de acordo com minha agenda 2017, era este o momento, ou não seria em 2017.

Assim comecei o projeto, incluindo o Peterson Teixeira, pra me ajudar na área de Marketing Digital e tive uma troca super positiva com a Selene Gama, da Finlândia, onde trocamos muitas ideias sobre o conteúdo do evento, segundo nossas experiencias em eventos internacionais.

Assim nasceu a comunidade GO GLOBAL BRAZIL. O evento não lotou como esperávamos, mas como o universo é mais sábio que nos mesmos, a oportunidade de podermos interagir de forma mais intensiva no pequeno grupo de participantes, se tornou algo especial e muito mais valioso, pro sucesso só evento.

Conheci projetos maravilhosos, recebemos cumprimentos de todos os que estavam presentes, com um feed back, que me impressionou. Entregamos conteúdo de valor, pragmático e não só de “palco”. 

Os dias pós-evento, foram maravilhosos, cheio de reuniões, encontros e trocas, com potencial de parcerias, super fértil.

O que aprendi neste processo sobre nossa atual condição como empresários, empreendedores brasileiros: Nossos empresários, empreendedores são tao tomados pelas atividades operacionais do quotidiano,  que não percebem a importância de constantemente se atualizarem, olhando pra novas oportunidades e horizontes.

Não ha a compreensão que mesmo que você já esteja satisfeito, e não queira expandir, se não se atualizar, seu negocio se tornara obsoleta. Por isto a alta rotatividade de empresas no mercado, e curto ciclo de vida. Secretarias e recepcionistas se posicionam como goleiros, pra não deixar passar uma bola, evitando assim que informações importantes cheguem a seus patroes. O nível de arrogância é indescritível.

A presença de órgãos do governo como liderança no processo de desenvolvimento econômico, é antagônico a dinâmica do mercado empresarial. O Brasil é feito só pra quem mora no pais, se você é estrangeiro, ou mesmo brasileiro, como eu, mas mora fora, todos os processos, que sejam bancários, compra de serviços e produtos na internet, acesso a informação, é quase impossível, sem um CPF, um CNPJ ou um numero de telefone local. Vivemos como em uma bolha só pra brasileiros, em um mundo globalizado. O narcisismo é um dos piores desvios de personalidade, seja individual ou social, que uma nação pode ter, infelizmente, é assim que nos percebo. O imediatismo mata toda e qualquer possibilidade de prosperidade, pois as pessoas estão tao ligadas em ganhar dinheiro rápido, a todo custo, que não conseguem perceber que não é se tornando “centro de custo” e sim “centro de receita” que sera uma parceiro a médio e logo prazo, de vendas repetidas com o mesmo cliente, e uma boa imagem no mercado. Todos somos “desonestos” até se provar o contrario.
Oportunidades: Nossa moeda que esta baixa no momento em relação ao Dollar, Euro. A crise pode ser a oportunidade que precisamos pra superar nosso narcisismo e começarmos a pensar mais global, enriquecendo assim a qualidade de nossos produtos e serviços e nos tornando mais competitivos a nível global.

Ainda bem que existe uma nova geração, que já tendo tido a oportunidade de vivenciar culturas mais desenvolvidas de negócios, estão mudando o cenário e a dinâmica do mercado no Brasil. Os profissionais brasileiros, quando são bons, são realmente de primeira liga, pena que são excessos e não a regra. Ainda se encontra pessoas abertas e com sede de oportunidades! Existe muito desperdício de inteligencia, energia, e dificuldade de converter potencial em resultados.

Enfim, como balança final, muito feliz de todo o aprendizado. Agora vamos colocar o evento digitalizado a fim de dar oportunidade a você, que não pode vir ao evento, ou não soube sobre o evento, a assisti-lo online, e se integrar a nossa comunidade GO GLOBAL BRAZIL.

Para os participantes do evento, já estaremos tendo um webinar, durante o mês de Maio, a fim de darmos os primeiros em direção a concretização de projetos.

O próximo evento GO GLOBAL BRAZIL, já esta previsto pra Setembro, Outubro deste ano, Vamos manter vocês informados.

Nosso facebook GO GLOBAL BRASIL , nosso website GO GLOBAL BRAZIL.
Agora já me preparando pra minha próxima aventura em Londres, o evento “PAPO DE MULHER E PREMIO ATITUDE”

Até a próxima, desejo muita luz e sucesso a todos vocês!
Anamasté 🙂

The post GO GLOBAL BRAZIL appeared first on Brazilian International Business Group.

]]>